Por que razão os investidores ativos podem ser investidores responsáveis

3 min read 6 out 20

Queira por favor consultar o glossário para uma explicação sobre os termos de investimento utilizados ao longo deste artigo

Na M&G, acreditamos sinceramente no poder do investimento ativo. E isto porque acreditamos que conseguimos melhores resultados para os nossos clientes se utilizarmos os nossos conhecimentos especializados para selecionar criteriosamente cada investimento.

Pensamos que temos a responsabilidade de apoiar os objetivos financeiros dos nossos clientes procurando gerar retornos sustentáveis no longo prazo. Mas também reconhecemos que, cada vez mais, os clientes pretendem alinhar os seus investimentos com os seus valores ambientais e sociais.

Investir de forma seletiva, caso a caso, em vez de investir “passivamente” em diferentes faixas de mercado, significa que conseguimos colocar o dinheiro do cliente a trabalhar de uma forma que consideramos ser responsável para as pessoas e o planeta. 

O que significa “investir responsavelmente”?

Pensamos que faz parte das nossas funções, enquanto investidores responsáveis, considerar todos os fatores que possam ter uma influência importante nos resultados dos investimentos, quer positiva, quer negativamente. 

E isto inclui fatores relacionados com o ambiente, aspetos sociais e governação (ASG, “ESG” na sigla inglesa). Estes aspetos podem ser negligenciados numa análise que olhe apenas para as métricas financeiras tradicionais, como rentabilidade, ativos e responsabilidade.

As implicações de uma má governação e do desrespeito pelo ambiente ou pela sociedade são suscetíveis de prejudicar em última análise o desempenho de uma empresa. Por isso, faz sentido em termos financeiros não ignorar estes fatores. Ignorá-los pode tornar-se dispendioso no longo prazo, quer para os investidores, quer para a sociedade.

O que uma abordagem ativa pode oferecer

Consideramos que a incorporação de fatores ESG é um processo muito mais complexo e subtil do que uma simples eliminação de empresas ou setores que sejam percecionados como sendo pouco recomendáveis. Afinal, o mundo raramente é preto e branco. 

Enquanto investidores ativos, incluímos as questões relacionadas com ASG nas nossas análises e decisões de investimento, nos aspetos em que as mesmas são significativas em termos de risco e potenciais retornos. Pesquisamos as empresas individualmente, caso a caso, para ficarmos com uma noção aprofundada sobre a forma como os fatores ASG são suscetíveis de afetar o risco e retorno esperados de um investimento. 

Os benefícios da integração das questões ASG são um aspeto crucial do investimento ativo. Há também outro elemento-chave no investimento responsável: a participação ativa. 

Enquanto investidores ativos, podemos levar a cabo uma interação construtiva com as chefias das empresas e organizações em que investimos, para melhor compreender os seus pontos fortes e fracos em matéria de ASG. Procuraremos incentivar melhores práticas ASG, quando for caso disso. 

Uma votação ativa e informada pode também ser um elemento-chave da nossa responsabilidade a longo prazo perante os clientes. Ao exercermos os votos de que dispomos enquanto acionistas de uma empresa, podemos procurar acrescentar valor e proteger os interesses dos nossos clientes.

Investir para impacto

O escrutínio dos investidores ativos relativamente às decisões de investimento é especialmente importante quando se pretende alcançar metas não financeiras para além de um retorno financeiro. 

Ao investir para obter um impacto positivo, os investidores devem avaliar em que medida as empresas querem solucionar problemas sociais e ambientais e, seguidamente, avaliar o contributo concreto que as mesmas dão, quer através da redução das emissões de carbono, quer salvando vidas. O impacto pode ser através de produtos ou serviços pioneiros, impulsionando melhorias em termos de sustentabilidade no respetivo setor, ou até fornecendo às outras empresas as ferramentas de que necessitam para conseguirem obter impacto.

Esta análise aprofundada obriga a um olhar qualitativo que sirva melhor as abordagens de investimento ativo. Por definição, as abordagens passivas terão dificuldade em captar as subtilezas do investimento de impacto.

Isto não significa que as estratégias ativas não tenham uma função a desempenhar numa carteira bem equilibrada – podem ter – mas importa compreender as suas limitações. Se o investidor quiser que as suas poupanças sejam investidas em mais do que apenas retorno financeiro, pode aspirar a mais alto se adotar uma abordagem ativa.

O valor e rendimento dos ativos de qualquer fundo diminuirão e também aumentarão, o que fará com que o valor do seu investimento diminua e aumente. Não há qualquer garantia de que qualquer fundo alcance o seu objetivo, e o investidor poderá recuperar um valor inferior ao montante que inicialmente investiu.

Não nos é possível dar conselhos financeiros. Caso tenha qualquer dúvida sobre a adequação do seu investimento, deverá falar com o seu consultor financeiro.

Esta informação não é uma oferta nem uma solicitação de uma oferta para a aquisição de um investimento em acções em nenhum dos Fundos aqui referidos. As Aquisições de um Fundo deverão ter por base o Prospecto actual. O Acto de Constituição, Prospecto, Informações Fundamentais destinadas aos Investidores, Relatório de Investimento e Demonstrações Financeiras, estão disponíveis gratuitamente na M&G International Investments S.A. Antes de subscreverem títulos, os investidores devem ler o Prospeto, que inclui uma descrição dos riscos de investimento relativos a estes fundos. Esta divulgação financeira é publicada pela M&G International Investments S.A. Sede: 16, boulevard Royal, L 2449, Luxembourg. A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, (a “CMVM”) recebeu a notificação do passaporte, nos termos da Directiva 2009/65/CE do Parlamento Europeu e do Conselho e do Regulamento da Comissão (EU) 584/2010, permitindo que o fundo seja distribuído ao público em Portugal.

O valor dos ativos do fundo diminuirá e também aumentará, o que fará com que o valor do seu investimento diminua e aumente, e poderá receber menos do que inicialmente investiu. O desempenho no passado não é indicativo do desempenho no futuro.

Perspetivas relacionadas